Após mais de 40 anos como a emissora oficial, a Rede Globo confirmou que não transmitirá a Fórmula 1 a partir de 2021. Sem meias palavras: isso é péssimo para o esporte no Brasil. Sem TV aberta, ficaremos irrelevantes. Nicho do nicho. Porque um esporte popular entre os leigos tem muito mais valor de mercado. E a lógica mercadológica é implacável: quanto mais alcance, mais investimento, mais retorno para patrocinadores, mais relevância editorial, maior formação de público e por aí vai.

Quer entender melhor por que a Fórmula 1 fora da TV aberta é uma derrota? E por que considero uma estupidez comemorar essa ruptura? Então se liga em mais este episódio do Opinião!

Alexander Grünwald veste:
RACING DRIVER
TS SPORTS 

O Fórmula Grün também está aqui:
Twitter
Instagram
Facebook

Artigo anteriorPodcast Mundo Afora #16 | Vitória de Petecof na F3 e o futuro dos brasileiros após a Indy 500
Próximo artigoPodcast Mundo Afora #17 | Entrevista com Kiko Porto, do Road to Indy, e a despedida de Kanaan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui