Único brasileiro a chegar ao Mundial de Motovelocidade depois de Alexandre Barros, Eric Granado sabe que sua presença na elite do motociclismo está ligada ao esforço pessoal de competir na Europa desde criança.

Atualmente na classe MotoE, categoria de motos elétricas, Eric analisou a falta de um trabalho de base no motociclismo brasileiro durante uma live no Instagram Fórmula Grün, e explicou por que países como Espanha e Itália formam tantos pilotos para a MotoGP.

Alexander Grünwald veste:
RACING DRIVER
TS SPORTS 

O Fórmula Grün também está aqui:
Twitter
Instagram
Facebook

Artigo anteriorRetweet | GP da Áustria de F1: acidente, protestos e festa
Próximo artigoOpinião #06 | Por que Hamilton foi punido no GP da Áustria?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui