Oito títulos mundiais de Fórmula 1 em 20 anos deixaram o torcedor brasileiro mal acostumado. Para Reginaldo Leme, as conquistas de Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna ajudaram a popularizar a F1 no Brasil, mas causaram um efeito colateral: uma cobrança extrema em quem veio depois, como Rubens Barrichello e Felipe Massa.

Durante uma live no Instagram Formula Grün, o jornalista especializado analisou o perfil de quem acompanha o esporte a motor no Brasil e salientou a importância de Fittipaldi no papel de pioneiro, para ajudar a criar uma cultura de automobilismo no País.

Alexander Grünwald veste:
RACING DRIVER
TS SPORTS 

O Fórmula Grün também está aqui:
Twitter
Instagram
Facebook

Artigo anteriorOpinião #04 | Automobilismo pós pandemia: soluções para a volta das corridas
Próximo artigoHighlives #22 | Fittipaldi relembra vitórias de F1 em Interlagos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui