Com 80 anos de muita história, o Autódromo de Interlagos ainda tem um futuro incerto, com ou sem o GP do Brasil de Fórmula 1. O complexo está em meio a um processo de concessão, negociado após a Prefeitura de São Paulo propor a venda do local. A privatização, no entanto, não garantia a manutenção da pista mais tradicional do automobilismo brasileiro.

Durante uma live no Instagram Fórmula Grün, o diretor de provas Sergio Berti, que é integrante da Comissão Interlagos Hoje, explicou as diferenças entre as propostas. E detalhou os bastidores das negociações envolvendo o destino do autódromo junto aos órgãos públicos e empresários. Será que Interlagos corre o risco de deixar de existir?

Alexander Grünwald veste:
RACING DRIVER
TS SPORTS 

O Fórmula Grün também está aqui:
Twitter
Instagram
Facebook

Artigo anteriorHighlives #17 | Reginaldo Leme aponta: “Equipe Fittipaldi foi idealismo puro”
Próximo artigoCâmera Onboard #09 | Átila Abreu saltando nas Super Pick Ups

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui