A história de sucesso de Emerson Fittipaldi na Lotus foi precedida por uma tragédia particular para o time: a perda de Jochen Rindt. O acidente fatal do austríaco, campeão póstumo em 1970, alçou o brasileiro à condição de piloto número 1 do time liderado por Colin Chapman.

Em pouco tempo, Emerson chegou à primeira vitória. Dois anos depois, ao primeiro título na Fórmula 1. Durante uma live no Instagram Fórmula Grün, o bicampeão mundial relembrou o impacto da perda de Rindt e como isso mudou o seu destino dentro da Lotus e da própria F1.

Alexander Grünwald veste:
RACING DRIVER
TS SPORTS 

O Fórmula Grün também está aqui:
Twitter
Instagram
Facebook

Artigo anteriorOpinião #02 | Vettel na Mercedes? Faz sentido!
Próximo artigoHighlives #14 | Reginaldo Leme lembra como conheceu Piquet e Senna

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui