Semana na toda, episódio 4

Em vias de ser vendida à Sadia, a Perdigão não perdeu a oportunidade e lançou seu novo slogan: “Todo mundo adora, até a concorrência!” • Gosto de ver o cliente se sacaneando de vez em quando. Uma vez vi um anúncio da FedEx zoando o ‘Náufrago’, filme que custou alguns milhões de dólares aos seus cofres. A publicidade deveria se levar menos a sério • Aliás, trocar a publicidade pelo jornalismo não foi tão traumático como eu imaginava. O problema é que o trabalho é bem mais perecível! Que saudade das campanhas que ficavam um mês no ar… • O Teatro brasileiro sofreu dois grandes golpes na mesma semana. Que Deus receba com aplausos os mestres Raul Cortez e Gianfrancesco Guarnieri • E por falar em perdas, essa semana foi mesmo triste. No Brasil, no Líbano e no resto do mundo, o que não falta é gente morrendo estupidamente. Culpa deste fracasso chamado humanidade • Barrichello admitiu, pela primeira vez, deixar a Fórmula 1. Há quem diga que já vai tarde. Sinceramente, acho uma pena alguém de tanto talento e tanto potencial ter feito tão pouco em quase quinze anos • Trabalhar em televisão chega a ser engraçado, às vezes. Com receio de parecer um fã babaca, tenho tratado alguns ídolos com insuspeitos “olá, tudo bem?”, mesmo sabendo que posso ter visto os caras pela única vez na minha vida • Mas o engraçado é que os ídolos não são pessoas do automobilismo, e sim artistas ou esportistas de outras áreas. Vai entender… • O legal mesmo é ter como colegas de trabalho algumas feras do jornalismo, gente competente e humilde, sempre disposta a ensinar • Ultrapassei os 500 scraps no Orkut, nunca deixei chegar a tanto. Tá na hora da faxina! • Não ando de kart desde antes do carnaval, estou enlouquecendo…• Trilha sonora da semana: “Aquarela”, Toquinho.

Participe da discussão

2 comentários

  1. Fala camarada! sabes quem fala aqui né? É o seu amigo russo, tb ligado em velocidade. Cara, vc precisa acelerar um pouco naquelas baratinhas do kart, senão vai pirar, hein. Cuidado com a síndrome de Pedro Vagaroso hehe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *